Rádio Difusora

(45) 3284-8080
11/06/2019 08:35 | Autor: Editor

Mulher que cortou o pênis do irmão após estupro apresenta-se a Polícia

A mulher que cortou o pênis do irmão após descobrir que ele teria estuprado sua filha, de 3 anos, se apresentou ontem na Delegacia de Francisco Alves.
A mãe da criança afirmou que foi dar banho na menina, quando ela reclamou de dor nas genitálias e disse que o tio havia a machucado.
Desesperada, a mulher alegou que foi até a casa do irmão, que tem 13 anos, para conversar sobre o ocorrido.
Ele confessou que tentou abusar da criança e, nesse momento, a mãe da criança pegou uma faca e decepou o órgão genital do rapaz.
De acordo com o delegado Thiago Soares, da Comarca de Iporã, a mãe da menina prestou esclarecimentos e confirmou as agressões.
Como a situação não aconteceu em flagrante, a mulher foi liberada.
O delegado afirmou que a corporação iniciou dois procedimentos: um deles por ato infracional para investigar o estupro de vulnerável do adolescente e outro por lesão corporal gravíssima contra a mãe da criança, por ter cortado o pênis do irmão.
Soares disse ainda que está aguardando o resultado do Instituto Médico Legal de Umuarama para confirmar se houve estupro ou não.
O adolescente suspeito de ter estuprado a sobrinha está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Cemil, em Umuarama: seu quadro clínico é estável, mas precisa de cuidados especiais por conta do corte que sofreu.
Inicialmente a informação era de que a mulher de 26 seria tia do adolescente acusado do estupro, mas no andamento da investigação foi apurado que ele é irmão da mãe da criança.