Rádio Difusora

(45) 3284-8080
10/06/2019 14:58 | Autor: Editor

Comissão que investiga denúncia contra “Neco” analisa convocação de novas testemunhas

O pedido do vereador Vanderlei Sauer para que o processo disciplinar contra o vereador Dorivaldo Kist, o “Neco”, tenha a inclusão de três testemunhas, está sendo analisando e uma definição deve ocorrer ainda nesta segunda-feira.
Sauer solicita que sejam arrolados como testemunhas os vereadores Adelar Neumann, Adriano Backes e Ronaldo Pohl, já que eles teriam feita manifestações em relação as denúncias feitas contra a vereador “Neco”.
O problema é que, se a comissão aceitar convocar os três vereadores para que sejam ouvidos como testemunhas, e a depender do que venham a falar no depoimento e o processo contra “Neco” seguir adiante, os vereadores Adriano Backes, Adelar Neumann e Ronaldo Pohl ficariam impedidos de votar a cassação do mandato do parlamentar do MDB em plenário.
Desta forma, o Poder Legislativo teria que convocar os suplentes Reinar Seyboth, Walmor Mergener e André Soffa, cuja tendência seria de os três votarem contra uma possível cassação do mandato do acusado.
A decisão de arrolar ou não as três testemunhas cabe a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar que investiga “Neco”, presidida por Josoé Pedralli.
O vereador Dorivaldo Kist, o “Neco”, é acusado de se apropriar de parte do salário de uma funcionária que ele havia indicado para exercer cargo em comissão na Prefeitura de Marechal Cândido Rondon.