Rádio Difusora

(45) 3284-8080
07/06/2019 14:33 | Autor: Editor

Ministério da Agricultura adia anuncio do Plano Safra por causa da Câmara

Restando três semanas para o início de julho, quando passa a contar o novo ano-safra, o Ministério da Agricultura oficializou ontem a tarde o adiamento da data de lançamento do Plano Safra 2019/2020, prevista inicialmente para quarta-feira dia 12.
Sem que uma nova data tenha sido anunciada, entidades do agronegócio demonstram preocupação com os possíveis contratempos caso o recurso seja depositado na rede bancária no tempo certo para planejamento e preparo das lavouras.
O lançamento do Plano Safra depende da votação de um crédito suplementar no Congresso Nacional que prevê um valor de 248 bilhões de reais, dos quais 7 bilhões e 100 milhões para o Plano Safra e para despesas do Mapa.
O secretário de Política Agrícola , Eduardo Sampaio Marques, disse ontem que o Mapa vai esperar o Congresso aprovar para depois marcar a data de lançamento até ter a garantia de que o dinheiro estará nos bancos a partir de julho.
De acordo com algumas entidades do agronegócio, os deputados ao não terem votado o PLN na quarta-feira, conforme previsto, tornaram o anúncio do Plano Safra perigoso, uma situação que não se viu nos últimos anos.