Rádio Difusora

(45) 9-9997-0532
14/03/2019 17:10 | Autor: Editor

Conselho de Cultura rondonense propõe homenagem ao maestro Jacob Brescianini

Conselho Municipal sugeriu que o hall de entrada receba o nome do maestro e violinista falecido em 2013.


Após início da tramitação do projeto de lei do Poder Legislativo, que propõe que o Teatro Municipal de Marechal Cândido Rondon receba o nome do artista rondonense Hedio Strey, e que o espaço destinado à Escola de Artes homenageie o professor Elói Urnau, o Conselho Municipal de Políticas Culturais está sugerindo que o hall de entrada seja denominado de Jacob Brescianini, maestro e violinista falecido em 2013.
O pedido foi apresentado no início desta semana em reunião com o presidente da Câmara de Vereadores, Claudio Kohler (Claudinho).
A sugestão de homenagem a Jacob Brescianini surgiu após reunião dos conselheiros.
Segundo eles, o músico teve atuação importante e reconhecida na área cultural pela população de Marechal Cândido Rondon, inclusive, foi homenageado com título de Cidadão Honorário do Município pela Câmara de Vereadores, em 2010.
Conforme o presidente Claudinho, os vereadores deverão aceitar a sugestão feita pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais e apresentar emenda ao projeto de lei que prevê as homenagens às personalidades de destaque das artes e da cultural local, após a inauguração do Teatro Municipal.
As obras de construção do espaço estão em andamento, sendo que a parte mais adiantada é a do auditório do Teatro, que terá espaço para receber público de aproximadamente 800 pessoas.
As obras da área destinada à Escola de Artes e demais dependências de todo o complexo também estão sendo executadas.
Conforme a Secretaria Municipal de Cultura, até agora a obra recebeu investimentos de 4 milhões 85 mil e 935 reais.
Para a sua conclusão, estima-se que sejam necessários mais 4 milhões de reais: não há previsão para conclusão das obras do Teatro Municipal.