Rádio Difusora

(45) 9-9997-0532
11/02/2019 15:04 | Autor: Editor

SEAB Regional de Toledo contabiliza 78% da área plantada com milho da safrinha

Com praticamente 88% da safra 2018/2019 da soja colhida, muitos produtores da região também já concluíram o plantio do milho safrinha.


As chuvas precisam ser mais regulares para as lavouras

Segundo o Departamento de Economia Rural da Secretaria da Agricultura e Abastecimento, a Regional de Toledo tem praticamente 78% da área destinada a cultura do milho semeada.
Destes, 38% estão em fase de germinação e 62% em desenvolvimento vegetativo.
Com números preocupantes da safra de soja, os produtores esperam condições climáticas adequadas daqui para a frente para o bom desenvolvimento da cultura do milho.
A Regional de Toledo tem uma previsão de 442.985 hectares de milho, quase 4% a mais em relação a projeção do mesmo período do ano passado, quando a área da cultura do grão foi de 428.325 hectares.
A produção também teve um acréscimo em relação a 2018.
No ano passado, a produção do milho safrinha foi de 2.265.512 toneladas, e para este ano a projeção do Seab é de 2.657.910 toneladas.
A safra do ano passado sofreu com problemas relacionados a estiagem reduzindo a produtividade do milho.
Apesar de o milho ser mais resistente que a soja, ele precisa de umidade em praticamente todo o ciclo de cultivo.
Para isso, as chuvas precisam ser mais regulares.
Segundo o Seab, o início da colheita do milho safrinha normalmente ocorre no final de junho, mas neste ano alguns produtores entrarão nessa fase mais cedo.
Em algumas regiões a colheita do milho também vai se antecipar e alguns produtores, dependendo da época, ainda vão entrar com o plantio do trigo.