Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
04/09/2018 16:24 | Autor: Editor

PT se prepara para a retirada da candidatura de Lula à presidência da República

Com a contrariada anuência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT já se prepara para a retirada de sua candidatura à Presidência na próxima terça-feira, prazo fixado pela Justiça para sua substituição.
A ideia é que o nome do ex-prefeito Fernando Haddad seja anunciado durante um ato em apoio ao ex-presidente.
Segundo petistas, muito a contragosto, Lula tem admitido a possibilidade de substituição no dia 11 mesmo que seja acolhido, em caráter liminar, um recurso apresentado ao Superior Tribunal Federal pela manutenção de sua candidatura.
Na noite desta segunda-feira, durante reunião do conselho político da campanha, o advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira alertou para o risco de perda de registro da candidatura petista, caso a liminar seja acolhida pelo STF, mas o plenário rejeite o recurso depois do dia 17 de setembro, que é a data fatal para troca de candidatos.
Após reunião com Lula, Pereira falou com os integrantes do conselho político da campanha por meio de uma teleconferência.
O advogado explicou que o registro da chapa será anulado, se o nome de Haddad não for oficializado até lá.
Vice-presidente nacional do PC do B, Walter Sorrentino manifestou preocupação com os prazos, além da ameaça de o eleitorado de Lula se dispersar antes que Haddad seja apresentado como seu sucessor.