Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
25/06/2018 15:12 | Autor: Editor

Polícia Federal desencadeia outra operação para desmantelar grupo de traficantes

A Polícia Federal desencadeou hoje de madrugada uma operação para desmantelar grupo de traficantes que mandava drogas da região de fronteira com o Paraguai para outros estados e recebia em joias e dinheiro transportados em helicópteros.


Comboio de viaturas chamou atenção hoje de madrugada na BR 163


A operação é coordenada pela Delegacia de Naviraí, em Mato Grosso do Sul, e mandados são cumpridos também no Paraná, São Paulo, Goiás e Rio Grande do Norte.
A ação leva o nome de Laços de Família, pois o comando da quadrilha era feito por parentes.
O grupo tinha estreita ligação com o PCC de São Paulo.
A Laços de Família foi autorizada pela 3ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande, com expedição de 20 mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, 35 de busca e apreensão em residências e empresas, 136 de apreensão de veículos terrestres, 7 de apreensão de helicópteros, 5 apreensões de embarcações de luxo e 25 de apreensão de imóveis, sendo eles apartamentos, casas, sítios e comércios.
Também foi decretado a apreensão de todos os bens de 38 investigados, em todo o país, inclusive em nome de empresas de fachada.
A PF tem apoio da Receita Federal na Laços de Família.
Os analistas verificaram a evolução patrimonial e fizeram a identificação de bens e empresas dos envolvidos.
Conforme a Polícia Federal, os traficantes mandavam drogas para outros estados geralmente em grande quantidade, em caminhões, escondidas em meio a carga lícita.
Como pagamento pelo envio dos entorpecentes, os criminosos recebiam joias, veículos de luxo e dinheiro por meio de depósitos em contas bancárias de “laranjas” e de empresas de fachada.
Helicópteros eram utilizados para transportar dinheiro e joias para pagar os traficantes.
O dinheiro recebido pelo envio da droga garantia aos traficantes, de acordo com a PF, vida luxuosa e poder.
Eles impunham o temor e o silêncio na região, pela sua violência e poderio.
Quem circulou pela BR 163 hoje de madrugada pôde verificar a mobilização da Policia Federal, que em comboio de viaturas seguiu para a região de fronteira.