Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
07/06/2018 15:50 | Autor: Editor

Câmara de Vereadores decide hoje se cassa ou não o prefeito de S. Helena

O futuro político do prefeito Airton Copatti será definido hoje na Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena.


Ele é acusado de improbidade administrativa e nepotismo


A sede da entidade será palco as 16h00 da sessão de julgamento da Câmara de Vereadores, que analisa pedido de impeachment do chefe do Executivo Municipal.
O relator da Comissão Processante, vereador Valdecir Noro, já entregou o relatório no qual se inclina pela improcedência das nulidades apresentadas pela defesa e pela procedência das questões de mérito apresentadas pela acusação.
Para que o prefeito Airton Copatti tenha o mandato cassado é necessária a aprovação de dois terços do colegiado, ou seja, seis vereadores terão que votar pela procedência das infrações político-administrativas trazidas na peça acusatória.
Caso não haja esse contingente de votos, o gestor municipal de Santa Helena permanecerá normalmente na função.
A denúncia feita pelo cidadão Rafael Lima alegou que o prefeito teria pago gratificações a servidores concursados de forma indevida, criando cargos que não estariam previstos no Regimento Municipal para beneficiar alguns funcionários.
Além disso, a denúncia citou que Copatti teria nomeado familiares para cargos comissionados, praticando o crime de nepotismo.
As denúncias de improbidade administrativa também foram feitas ao Ministério Público da Comarca, porém o representante do órgão fiscalizador decidiu pelo arquivamento das acusações.
A acusação, porém, não se deu por vencida e interpôr recurso.
A sessão que vai julgar o relatório da Comissão Processante instaurada na Câmara de Vereadores de Santa Helena está marcada para as 16h00 de hoje, quinta-feira, no auditório da Acisa.