Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
21/05/2018 09:12 | Autor: Editor
Fonte: G1

Caminhoneiros protestam contra o preço do diesel em rodovias do Paraná

Foto: Divulgação/PRF
Na manhã desta segunda-feira (21), manifestantes bloqueiam uma faixa em cada sentido da BR-277, em Paranaguá, no litoral.

Caminhoneiros protestam, na manhã desta segunda-feira (21), contra o aumento do valor do diesel em rodovias federais e estaduais do Paraná. A mobilização é nacional.

A última alta diária ocorreu na sexta (18), quando a Petrobras elevou os preços do diesel em 0,80% e os da gasolina em 1,34% nas refinarias. A escalada nos preços acontece em meio à disparada nos preços internacionais do petróleo.

Em nenhuma rodovia federal, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), há interdição total. No máximo, uma faixa está interditada.

Uma determinação judicial proíbe que eles fechem totalmente as rodovias federais, sob pena de multa de R$ 100 mil por hora. Os motoristas também estão proibidos de invadir praças de pedágios. A multa é a de R$ 20 mil por hora de invasão.

Carros, ônibus e caminhões com cargas vivas e perecíveis têm passado normalmente.

Veja abaixo as manifestações em rodovias federais:

BR-116, km 67, Quatro Barras, na Região de Curitiba - em andamento;
BR-277, km 6, Paranaguá, no litoral do Paraná - em andamento;
BR-376, km 502, Ponta Grossa, nos Campos Gerais - em andamento;
BR-376, km 257, Califórnia, no norte do Paraná - andamento;
BR-153, km 43, Santo Antônio da Platina, no norte pioneiro do Paraná - em andamento;
BR-153, km 112, Ibaiti, no norte pioneiro do Paraná - em andamento.

Bloqueio na BR-166, em Quatro Barras (Foto: Divulgação/PRF)
Divulgação/PRF

Rodovias estaduais

No norte do estado, na PR-090, na entrada para Assaí, caminhoneiros estão proibidos de passar pela rodovia. Carros, ônibus e caminhões com cargas vivas e perecíveis passam normalmente.

Bloqueio na PR-090, em Assaí, no norte do Paraná (Foto: Alberto D'Angele/RPC)
Alberto D'Angele/RPC