Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
06/04/2018 10:09 | Autor: Editor

Justiça do Paraná determina bloqueio das contas da senadora Gleisi Hoffmann do PT

A Justiça do Paraná determinou o bloqueio das contas da senadora Gleisi Hoffmann do PT.
A decisão é do juiz Maurício Doutor, da 8ª Vara Cível de Curitiba, e tem como objetivo garantir o pagamento de uma indenização de 162.199 reais ao secretário de Saúde do Paraná, Michele Caputo Neto.
O bloqueio das contas de Gleisi é resultado da ação movida contra a senadora em 2008.
Na época, a petista, por meio de seu blog pessoal, acusou Michele Caputo de ser o “maior operador de sacanagem do PSDB do Paraná”.
Em 11 de agosto de 2009, a 8ª Vara Cível de Curitiba acatou a ação e condenou Gleisi a pagar 5 mil reais por danos morais e ato difamatório na internet.
Gleisi recorreu na justiça de Curitiba e o juízo reformou a sentença condenando a senadora a pagar 50 mil para Caputo.
A petista continuou recorrendo da decisão em instâncias superiores e ação foi parar no STJ; em dezembro de 2016, o relator do agravo de recurso especial, ministro Paulo de Tarso Sanseverino, negou provimento ao pedido a senadora e o tribunal, por unanimidade, condenou Gleisi a pagar a multa pecuniária no valor de 50 mil reais, acrescidos de juros e correções, o que resulta no valor de 162.199 reais.