Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
06/03/2018 15:13 | Autor: Editor

Câmara de S. Helena aprova abertura de processo de impeachment contra prefeito

Em sessão prestigiada por um grande público, a Câmara de Vereadores de Santa Helena acatou ontem o pedido de abertura do processo de impeachment do prefeito Airton Copatti.


Ele é acusado de nepotismo e gratificações indevidas

Os vereadores da base aliada, que votaram contra o recebimento, justificaram seus votos por meio da tentativa de desqualificar o denunciante, seu advogado e a origem dos documentos que comprovam os atos de improbidade, deixando as denúncias de gratificações e de nepotismo em segundo plano.
Já os outros 6 vereadores deixaram claro que não estão condenando o prefeito neste momento, apenas concordando com o processo de fiscalizar os atos do poder executivo, o que é a função do vereador.
Votaram pelo recebimento da denúncia os vereadores Antônio Luiz Schilickmann, Tânia Ripp Maffini, Gesila Bortolaci, Valdecir Noro, Valdonir Weizmann e Paulo Vazatta.
Votaram contra Julio Morandi, Edson Wamms e Juliana Ladeia Costa.
Uma Comissão Processante terá 90 dias para ouvir os envolvidos e apresentar o relatório à Câmara.
Foram nomeados os vereadores Valdecir Noro, Valdonir Weizmann e Edson Wamms para esta comissão.
O prefeito de Santa Helena, Airton Antônio Copatti encaminhou nota à imprensa após aceitação pela maioria de vereadores da denúncia contra ele.
Ele cita que a denúncia não apresenta fundamentação necessária, mas que irá contribuir "para que os fatos narrados pelo acusador sejam apurados e por fim, se restabeleça a verdade".
Ele ressaltou que irá com todas as forças trabalhar para que a real intenção deste pedido de cassação não ocorra, ou seja, o município não irá parar.
Disse ainda que sua administração continua empenhada com os compromissos assumidos junto à população.
O pedido de impeachment, assinado pelo secretário do Observatório Social, Rafael Rodrigo Lima, foi protocolado no dia 27 de fevereiro na Câmara de Vereadores de Santa Helena e é baseado em denúncias contra Airton Copatti sobre nepotismo e gratificações indevidas, concedidas pela Prefeitura.