Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
20/02/2018 16:34 | Autor: Editor
Fonte: Bem Paraná

Ídolo do vôlei, Giba tem novo pedido de prisão por não pagar pensão

Foto:Divulgação
O campeão olímpico e ex-jogador de vôlei Gilberto Amauri Godoy Filho, o Giba, teve um novo pedido de prisão com a alegação de que ele não paga a pensão aos filhos de 13 e 9 anos de idade. É o segundo pedido neste mês feito pela ex-mulher, a ex-jogadora romena, Cristina Pirv. Ele descobriu o novo pedido de prisão quando desembarcou no Brasil, após passar uma semana na Coreia do Sul, nos Jogos Olímpicos de Inverno. Segundo o pedido de Pirv, Giba não paga pensão há pelo menos dez meses.

A Justiça chegou decretar a prisão de Giba em 9 de fevereiro pelo mesmo motivo, mas ele conseguiu uma liminar que suspendeu a decisão na sexta (16). Já está marcada uma audiência na Vara da Família para março para decidir onde os filhos do casal vão estudar. Uma outra ação judicial, proposta pela defesa de Giba, pede a guarda compartilhada das crianças, que hoje é da mãe. A assessoria de imprensa de Giba enviou nota nesta terça: "Não há qualquer nova decisão nesse processo. Em vigor está a liminar de sexta-feira, a favor do Giba, que cassou o pedido de prisão até que se julgue em definitivo o recurso"
Guerra de notas

Em nota enviada à imprensa na semana passada, Giba diz que paga uma parte da pensão e que já propôs colocar os filhos em uma escola, onde conseguiu bolsa em troca de sua imagem. " Pago de pensão , mensalmente, um valor mais do que justo e suficiente para que meus filhos, Nicoll e Patrick, tenham uma qualidade de vida acima da média. Ofereci pagar, via bolsa de estudos, além do valor que pago, as mensalidades dos meus filhos em uma das melhores escolas de Curitiba, que fica inclusive perto da casa deles, mas esta proposta foi negada por ela. A mãe dos meus filhos pede, em processo na justiça, um valor de pensão baseado em valores que eu não ganho mais há bastante tempo. Em nossa separação, deixei diversos imóveis para ela, no Brasil e na Romenia, além da guarda das crianças, e de ter que me desfazer de alguns bens meus para quitar dívidas deixadas por ela enquanto fomos casados", disse na nota.

Em nota divulgada no seu Facebook, também na semana passada, a ex-mulher de Giba Cristina Pirv rebateu todos os pontos da nota enviada por ele. "Quando ele diz que paga mensalmente a pensão que eu pedi, mente duas vezes. Primeiro porque ele se ofereceu a pagar o valor que paga, eu não pedi esse valor, e a segunda mentira é o cumprimento desse compromisso, que não existe. Ele deve dez meses de pensão e por isso teve decretada a prisão, como todos agora hoje já sabem. Em alguns meses ele não paga valor algum, em alguns meses paga apenas 20% do valor", diz ela. "Ele diz que me deixou imóveis na Romênia após a separação. Mais uma mentira porque ele nunca teve nenhum imóvel na Romênia. Eu já possuía esses imóveis e apenas os mantive"

De acordo com a nota, mais de 50% da pensão é destinada a escola dos meus filhos: "Não é para mim que ele deve pagar a pensão, mas para os próprios filhos. A falta de responsabilidade com as crianças é o que mais me deixa chocada.Giba diz ainda em sua nota oficial, que eu neguei a bolsa de estudos oferecida por ele, aos nossos filhos. Essa é uma das mentiras que mais me deixou chateada porque eu, pessoalmente, após aceitar essa possibilidade, levei as crianças nesta escola, mas eles próprios pediram para nós que os mantivéssemos na escola onde já estão, por não terem se identificado com o novo lugar e desejarem manter seus vínculos já criados".