Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
13/11/2017 14:46 | Autor: Editor

Dirigente sindical alerta sobre final do prazo para o Cadastro Ambiental Rural

Um número bem reduzido de agricultores ainda não fez seu Cadastro Ambiental Rural, mas, mesmo assim, o Sindicato Rural Patronal de Mal. Cândido Rondon volta a alertar sobre o prazo limite para tomar essa providência.



O Cadastro Ambiental Rural, conforme determinação do Código Florestal, é um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais referentes às Áreas de Preservação Permanente, de uso restrito, de Reserva Legal, de remanescentes de florestas e demais formas de vegetação nativa, e das áreas consolidadas, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.
A inscrição no CAR deverá ser feita, preferencialmente, no órgão ambiental municipal ou estadual, e constitui o primeiro passo para obtenção da regularidade ambiental do imóvel, e contempla as seguintes informações: dados do proprietário, possuidor rural ou responsável direto pelo imóvel rural; dados sobre os documentos de comprovação de propriedade ou posse; e informações georreferenciadas do perímetro do imóvel, das áreas de interesse social e das áreas de utilidade pública, com a informação da localização dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Preservação Permanente, das áreas de Uso Restrito, das áreas consolidadas e das Reservas Legais.
Um número bem reduzido de produtores ainda não fez o cadastramento na área de ação do Sindicato Rural Patronal de Marechal Cândido Rondon, algo em torno de 2% do total, mas, mesmo assim, o presidente da entidade, Valdemar Kaiser, alerta para o prazo limite que é 31 de dezembro deste ano....