Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
11/09/2017 09:30 | Autor: Regis Guerreiro

Terminou o vazio sanitário mas produtor não deve precipitar o plantio da soja verão.



Antecipado em cinco dias, o período de vazio sanitário da soja no Paraná terminou ontem.
A Adapar, como órgão fiscalizador enfrentou alguns problemas no Estado, tanto em relação a presença de plantas vivas, como na calendarização, o que originou autuações e multas.
Nas regional de Toledo a situação foi diferente e segundo os órgãos de fiscalização, não foram diagnosticadas irregularidades.
Com o fim do vazio sanitário inicia o zoneamento agricola do Ministério da Agricultura, abrindo a possibilidade de plantio dentro do considerado prazo ideal para fins de financiamento.
Os manejos necessários foram concluídos, porém a condição climática não é favorável para o plantio da soja, em função do stress hidrico.
De acordo com a meteorologia, uma frente fria começou a atuar sobre o Paraná a partir da manhã desta segunda-feira, podendo provocar chuva em volumes pouco expressivos em alguns municípios do Oeste, Sudoeste parte do Noroeste, Centro-Sul e Campos Gerais.
Onde isso ocorrer com certeza as plantadeiras serão colocadas a campo, para a semeadura das variedades precoces.
Mesmo assim, a recomendação da área técnica é para o agricultor não precipitar o plantio.
Conforme o agronomo da Copagril , Genésio Seidel, o histórico de resultados deve ser considerado, principalmente em função da falta de chuvas.(ouça Genésio Seidel)