Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
08/08/2017 10:30 | Autor: Gladiston Pacheco

Marginais roubam caminhonete e matam um das vítimas em Toledo

O roubo de uma caminhonete Hilux ocorrido por volta das 22h00 desta segunda-feira, no Jardim Gisela, em Toledo, culminou com a morte de uma pessoa e outra com ferimentos.

Marginais armados e encapuzados invadiram a residência de Lairton Milani, de 45 anos, situada na Rua General Daltro Filho, anunciaram o assalto e roubaram a sua caminhonete de placas ASY-7434 de Toledo.

O proprietário e seu filho de 16 anos foram levados como reféns pelos assaltantes, ambos no banco de trás, enquanto dois bandidos agiram de forma violenta e um terceiro criminoso fugiu em um Gol que dava cobertura.

Depois de ter sido agredido a base de coronhadas, o jovem foi dispensado a cerca de meia quadra do local do assalto e em seguida ouviu dois disparos de arma de fogo terem sido efetuados no interior da caminhonete.

Os disparos foram feitos em direção ao seu pai Lairton Milani, o qual também foi dispensado em uma via pública e acabou falecendo por volta das 06h00 na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Bom Jesus.

A Polícia Militar de Toledo foi acionada por populares, chegou a perseguir o Gol de placas AHU-9708, que dava a cobertura, e acabou o encontrando com o motor ligado no cruzamento das Ruas Pedro Álvares Cabral e Dom Armando Círio.

Durante a madrugada a caminhonete tomada de assalto em Toledo foi encontrada pegando fogo em meio a uma lavoura recentemente colhida, nas proximidades da PR-486, no município de Cascavel.

Além do veículo, segundo informações do Corpo de Bombeiros, uma grande área coberta por palha também foi consumida pelas chamas.

Diligências policiais foram desenvolvidas durante esta madrugada, no entanto, nenhum dos criminosos envolvidos no assalto seguida de morte e lesão corporal foi localizado até o momento.

Lairton Milani, cujo corpo foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal de Toledo, teria falecido em decorrência de dois disparos de arma de fogo – um na cabeça e outro na região das costas.

A Polícia Civil de Toledo passou a investigar o crime e uma das dívidas é se a morte foi consequência do assalto, ou se a intenção dos bandidos era assassinar a vítima e armaram o roubo para tentar despistas as autoridades policiais.