Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
31/07/2017 10:42 | Autor: Editor

Rodovias do Paraná estão entre as mais perigosas para os animais

O Brasil é recordista em atropelamentos de animais no mundo, o que representa um risco para a fauna e para os motoristas nas rodovias.
Quando se fala em animais de grande e médio porte, como cavalos e cães, o Paraná aparece entre os que mais acusam casos no País.
A Polícia Rodoviária Federal no Paraná registrou 129 casos de atropelamentos de animais de grande porte no ano passado nas rodovias federais do Estado.
Esses acidentes resultaram em quatro mortes de humanos e 99 pessoas feridas.
Neste ano, de janeiro a junho, a PRF contabilizou 54 ocorrências, com 31 feridos: o Paraná aparece atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.
Desde o que um levantamento chamado de Urubu Info, criado em 2014 pelo Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, da Universidade Federal de Lavras, o sistema já registrou a morte de 457 mamíferos, 230 répteis, 259 aves e 275 anfíbios no Paraná, totalizando 1.221 ocorrências.
São Paulo lidera as estatísticas, com 4.309 óbitos.