Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
17/05/2017 14:16 | Autor: Editor

Estudo global aponta o trânsito como uma das principais causas de morte entre adolescentes no mundo

Um relatório da Organização Mundial da Saúde divulgado ontem aponta o trânsito como uma das principais causas de morte entre adolescentes no mundo.
De acordo com o estudo global, as principais causas de óbitos entre os brasileiros de 10 a 15 anos são violência, acidentes de trânsito, afogamento, leucemia e infecções respiratórias.
No Paraná, os dados do Departamento Estadual de Trânsito são divididos por faixa etária: das 1.682 vítimas fatais registradas no Estado em 2016, 67 tinham de 12 a 17 anos, ou seja, 3,9% do total.
Segundo o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, é preciso reforçar aos adolescentes e aos pais a importância do uso de cinto de segurança, mesmo no banco traseiro, e de capacetes aos passageiros de motos.
Pedestres e ciclistas devem redobrar a atenção e evitar o uso de celulares e fones de ouvido como forma de garantir a própria segurança.
Traad explica que o Governo do Paraná investe em ações educativas em escolas e universidades e tem se preocupado em veicular campanhas de conscientização que usem linguagem e plataformas adequadas a este público, como redes sociais e aplicativos para celulares.
Ele acrescenta que desde 2011, o Detran-PR aplicou cerca de 98 milhões de reais em educação para o trânsito.
Os adolescentes responderam por 5% das vítimas não fatais registradas nos acidentes no Estado: em 2016, foram 48.818 feridos e, destes, 2.147 com idade entre 12 e 17 anos.