Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
19/04/2017 14:26 | Autor: Editor

Deputado do PMDB diz que presidente Michel Temer frustrou expectativas

Apesar de muitos membros do PMDB terem seus nomes citados no esquema da Lava Jato, o deputado estadual Requião Filho descarta a hipótese de deixar o partido.


Com o partido fortemente atingido pela lista de Fachin, deputados do PMDB começam a articular a saída da legenda.
Pelo menos seis dos 64 integrantes da bancada, a maior da Câmara, admitiram à reportagem que já conversam com outras siglas para onde possam migrar.
Segundo eles, o número de parlamentares que devem deixar o PMDB é maior, pois muitos preferem manter a articulação sob sigilo.
O próximo período previsto para mudança partidária sem risco de perder o mandato é em março de 2018, seis meses antes das eleições.
Entre os motivos apresentados estão os efeitos da Operação Lava-Jato no eleitorado, reforçado pela lista de inquéritos autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal , Edson Fachin com base nas delações da Odebrecht, que atingiu oito ministros do governo Michel Temer.
Dos 98 investigados da lista, 17 são do PMDB e com isso a legenda só fica atrás do PT, que tem 20 investigados.
Peemedebistas que pensam em deixar a legenda citam também a agenda do governo considerada por eles impopular e a falta de uma estratégia política para as eleições de 2018.
O movimento é mais forte na bancada do Rio, a maior dentro do PMDB, com 11 dos 64 deputados.
No Estado, algumas das principais lideranças do partido estão presas, como o ex-governador Sérgio Cabral e o deputado cassado Eduardo Cunha.
Os Deputados articulam a aprovação junto com a reforma política em discussão no Congresso de um amplo período que permita a todos os atuais parlamentares mudarem de partido sem perder o mandato.
Pela legislação, o próximo período para mudança partidária é março de 2018, seis meses antes das eleições, e vale para deputados estaduais e federais que disputarão o pleito.
Já em se tratando do Paraná, o deputado estadual Requião Filho descarta a possibilidade de deixar o PMDB..................gravação.........
Em entrevista concedida na manhã de hoje à Rádio Difusora do Paraná, o deputado estadual Requião Filho também não escondeu sua frustração em relação ao governo de seu colega de partido, o presidente Michel Temer.............gravação...