Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
07/04/2017 15:43 | Autor: Editor
Fonte: UOL

Salário mínimo em 2018 deve ser de R$ 979, diz ministro

O governo vai propor salário mínimo de R$ 979 em 2018, informou o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, nesta sexta-feira (7). O valor é 4,48% maior que o salário mínimo atual, de R$ 937

O mínimo foi anunciado durante apresentação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, que deve ser enviada para o Congresso Nacional até 15 de abril.

O salário mínimo é reajustado com base na inflação do ano anterior, levando em conta o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), mais o aumento do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes (no caso, 2016).

Como em 2016 o PIB teve variação negativa (-3,6%), esse valor não é levado em conta, e o mínimo deve ser ajustado apenas pela inflação. A estimativa para o INPC neste ano é de 4,48%.

O governo também revisou a meta fiscal para aumentar a previsão de rombo no Orçamento. Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a meta de resultado primário do governo em 2018 passou de um deficit de R$ 79 bilhões para um rombo de R$ 129 bilhões

Corte no Orçamento

Na semana passada, o governo já havia anunciado um corte de R$ 42,1 bilhões em despesas públicas federais para cobrir um rombo extra de R$ 58,2 bilhões no Orçamento deste ano. Além de cortar gastos, o governo também anunciou duas medidas para aumentar a arrecadação.

A primeira foi a retomada da cobrança de impostos de empresas de 54 setores da economia, que tinham direito ao desconto sobre a folha de pagamento --a chamada desoneração. A segunda foi o aumento do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) cobrado das cooperativas de crédito.

As medidas da semana passada tem o objetivo de manter o cumprimento da meta fiscal de 2017, que prevê rombo de R$39 bilhões nas contas públicas