Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
08/02/2017 11:15 | Autor: Maguinho

Pessuti quer ser candidato ao Senado e tomar o PMDB das mãos de Requião

Mesmo sendo um dos partidos com maior representatividade no Estado do Paraná, o PMDB está distante de um consenso sobre qual será sua posição em torno das eleições previstas para 2018.
O racha estabelecido entre suas principais lideranças parece não ter fim, envolvendo sobretudo os sentimentos de amor e ódio que se relacionam ao presidente estadual da sigla, o senador Roberto Requião.
Enquanto muitos filiados não concordam com o lado autoritário e truculento com que ele preside a agremiação, outros “ainda morrem de amores” pelo senador e entendem que a direção “está em boas mãos”.
O maior adversário declarado de Requião é o diretor do BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Orlando Pessuti, que embora filiado ao PMDB, é bem próximo do governador Beto Richa, do PSDB.
“Pessutão” foi vice quando Roberto Requião era governador do Paraná, chegando a assumir a função, e, ontem, em entrevista concedida a Rádio Difusora do Paraná, falou que pretende ser indicado pelo partido para ser candidato ao Senado Federal..