Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
02/02/2017 15:21 | Autor: Editor

Números da balança comercial animam lideranças do agronegócio

Agronegócio projeta um 2017 diferente do ano passado e vê sinais de avanços importantes na economia nacional.


O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulgou ontem que o superavit na balança comercial brasileira foi de 2 bilhões 720 milhões de dólares em janeiro, representando um crescimento de 197,8% na comparação com o mesmo mês de 2016 pela média diária, que exclui a diferença de dias entre os meses.
Este é o melhor resultado do saldo comercial para meses de janeiro desde 2006.
Na comparação com dezembro, o saldo comercial caiu 38,3%.
As exportações somaram praticamente 15 bilhões de dólares no mês passado, um crescimento de 20,6% em relação ao mesmo mês de 2016 e queda de 6,5% em relação a dezembro.
No caso das importações, o total é de 12 bilhões 180 milhões de dólares, uma alta de 7,3% ante janeiro de 2016 e de 5,7% na comparação com dezembro.
Aqui no Paraná a Secretaria da Agricultura projetou ontem que a safra de soja deverá atingir volume recorde de 18 milhões e 300 mil toneladas, 11% maior do que no ciclo passado, quando o volume colhido atingiu 16 milhões e meio de toneladas.
No geral, o Paraná deverá colher uma safra recorde de grãos de verão, alavancada pelo desempenho das lavouras de soja, milho e feijão.
Segundo o secretário Norberto Ortigara, apesar da economia desorganizada e o sentimento de desalento, o produtor investiu muito em tecnologia, porque tem a convicção da sua atividade, que é a agricultura e a pecuária.
Segundo ele, com condições melhores de clima, o resultado é extremamente positivo, com expectativa de safra recorde.
O Presidente da Ocepar, José Roberto Ricken, diz que os numeros da balança comercial são animadores, principalmente porque 2016 foi um ano ruim para o setor......